LUTA UNIFICADA EM DEFESA DO INSS

09/09/2019 08h:15

A ação de criar um “apagão” no INSS em defesa da reabertura das negociações do CGNAD e Entidades nacionais, teve o seu momento maior após a publicação do Ofício nº 35 que gerava tarefas para que o Técnico e Analista fizessem mais tarefas para a pontuação dos Peritos Médicos Federais. A imposição de metas inatingíveis aliado ao ofício assediador do INSS, antecipou a campanha INSS OFFLINE, culminando com a revogação do Ofício nº 35.

O SINDIPRE/VSE tem observado que vários grupos nacionais foram criados no intuito de opinar, criar associações ou conduzir o movimento de forma desordenada, em um momento importante para o Instituto onde a “Unidade” deve ser preservada para que o INSS renegocie a forma de pontuação. Podemos fazer algumas indagações:

Quem são as pessoas que estão por trás destes grupos?

São servidores do Governo infiltrados?

Porque em vez de construir atacam vários sindicatos estaduais?

É preciso ter desconfiança em conversas fáceis com membros de grupos em Redes Sociais, por sabermos do “monitoramento” constante do Governo.

O projeto de ESTADO MÍNIMO do Governo, está implacável e galopante sobre nossas cabeças, onde só a UNIDADE construtiva poderá determinar um norte dentro de possibilidades da criação de um carreirão para o serviço público até a extinção.

No sentido de manter a UNIDADE do movimento Nacional, estamos encaminhando a campanha no INSS SERGIPE, até que Plenária Nacional dos Servidores do INSS seja convocada para determinar novo eixo de luta.

INSS OFFLINE

  • Orientações para 09/09/2019


*O movimento INSS OFFLINE CONTINUA!*


1-Sem puxar BMOB;
2-Puxar mínimo, Ceab;
3-Sobrestar serviços da perícia;
4-Operação padrão conforme cheklist do anexo, PORTARIA Nº 36 /DIRBEN/INSS, DE 30 DE AGOSTO DE 2019;
5-Para quem aderiu aos programas e não quer se desligar, manter a meta mínima: 54 pontos (Semipresencial) e 59 pontos (Teletrabalho);
6-Que sejam realizadas reuniões nos locais de trabalho a fim de ampliar a discussão e que cada local de trabalho elabore e envie suas propostas;
7 – Que os servidores enviem mensagens via e-mail para a Direção do INSS solicitando abertura de negociações.
8- Para que consigamos de fato negociar com o INSS é extremamente necessário que os colegas sigam as orientações, ampliem e divulguem o movimento;

O SINDIPREV SERGIPE NÃO FOGE À LUTA!

Gestão 2017/2020  - Coordenador Geral: Joaquim Antonio Ferreira

Por: Marcos Jefferson (DRT/SE 376)