ASSEMBLEIA GERAL DO SINDIPREV/SE DELIBERA POR ADESÃO À GREVE GERAL NO 14/JUNHO

A LUTA É DE TODOS!

11/06/2019 23h:31

A Reforma da Previdência, proposta por Bolsonaro, tem deixado todos os trabalhadores brasileiros perplexos com tamanha falta de compromisso governamental com os trabalhadores brasileiros, principalmente após a PEC 06/2019.

A assembleia geral convocada pelo SINDIPREV/SE, com início às 09h, contou com a participação da direção do sindicato, do vice-presidente da ANFIP, Jorge Cézar, do Diretor de Seguridade da Viva Previdência, Nizam Ghazale, e do vereador Isac Silveira que discorreram sobre os malefícios da Reforma da Previdência, do Pecúlio e da adesão à GREVE GERAL do dia 14/06. Os informes sobre os ataques ao INSS e Ministério da Saúde, foram realizados pelos diretores Deivid Christian, INSS, e Luiz Carlos Vilar, Saúde, com os dados das últimas atividades do SINDIPREV/SE que conseguiu reverter a extinção do Núcleo e auditoria do Ministério da Saúde em ação conjunta com a UNASUS, e da defesa do SINDIPREV ao INSS, após ataques do Governo contra a instituição.

O Coordenador Geral do SINDIPREV/SE, Joaquim Antonio que, além de coordenar a assembleia, fez os informes das ações administrativas, políticas, sociais e jurídicas do SINDIPREV/SE, encaminhou a discussão sobre a adesão à GREVE GERAL e participação dos aposentados nas ações políticas do sindicato. A codificação como GREVE é um marco histórico da participação dos colaboradores na luta sindical em defesa do coletivo.

 O Vereador ISAC SILVEIRA, fez uma análise da Reforma da Previdência com foco na perda de direitos e privatização da previdência social e sobre os boatos sobre o convênio com o IPES já em faze de conclusão. “Não existe proposta alguma”, relatou ISAC, após a reunião com presidente do IPES, Christian Oliveira. “Após a convocação do SINDIPREV/SE para participarmos da reunião com o IPES, ficou claro que a negociação é com o Ministério da Economia e que só o SINDIPREV/SE poderia fazer a interlocução por representar a categoria - assim faremos”, concluiu Isac.

Após as falas, a assembleia aprovou a ADESÃO À GREVE GERAL com PARTICIPAÇÃO TOTAL DA BASE DO SINDIPREV/SE.

O PECÚLIO É DO SERVIDOR PÚBLICO

Após a DELIBERAÇÃO DA GREVE GERAL, a fala ficou por conta do Diretor de Seguridade da Viva Previdência, Nizam Ghazale, que fez um resgate da história do Pecúlio. A coordenação da mesa abriu as perguntas aos presentes para que não houvesse dúvidas e que ao final da assembleia todos pudessem sair esclarecidos sobre o pecúlio e ações judiciais. O assessor jurídico do SINDIPRE/SE, Wágner Filho, fez várias indagações ao representante da Viva Previdência e denúncias da falta de alinhamento nas informações aos peculistas e que o SINDIPREV estava com 20 (vinte) ações já em fase de despacho dos juízes sobre as ações judiciais impetradas devidas aos valores muito aquém dos devidos.

O vice-presidente da ANFIP e membro do Conselho da Viva Previdência, Jorge Cézar, parabenizou o SINDIPREV pelo alto nível do debate se colocando à disposição estar presente e ajudando a base no que fosse preciso. “Poucas vezes, somos capazes de vivenciar tamanho debate e inciativa. O SINDIPREV/SE e toda a base estão de parabéns”, afirmou Jorge Cézar.

SINDIPREV/SE SERÁ INSTITUIDOR DA VIVA PREVIDÊNCIA COM CUSTOS ZERO

Após amplo debate, a direção do SINDIPREV/SE encaminhou sobre a possibilidade do SINDIPREV ser instituidor da VIVA PREVIDÊNCIA “sem ônus” ao filiado. A base aprovou e parabenizou o SINDIPREV/SE pelo compromisso e responsabilidade com os seus filiados e filiadas.

Ao final da assembleia, todos aplaudiram a direção do SINDIPREV/SE e mandato do vereador ISAC SILVEIRA.