SINDIPREV SERGIPE NAS RUAS SERGIPANAS NA DEFESA DOS TRABALHADORES

Ato Unificado reuniu milhares de trabalhadores, entidades e Movimentos Sociais

04/07/2021 07h:27

Historicamente, a base e direção do SINDIPREV SERGIPE sempre se mostrou organizada e mobilizada para as lutas homéricas na conquista dos seus direitos e de todos os trabalhadores.

Sempre atuante, o SINDIPREV SERGIPE foi às ruas em “todos os Governos” com ações políticas, jurídicas e administrativas que buscassem corrigir, dentre outras mazelas, as perdas financeiras.

Foi assim em todos os Governos!

Assim construímos nossas vidas salariais e administrativas – nas ruas!

A última GREVE em que participamos, 2015 – Governo DILMA, conseguimos, dentre outras conquistas, a reversão do percentual da GDASS de 70/30 para 30/70 no INSS e, principalmente, o direito a INCORPORAÇÃO DAS GRATIFICAÇÕES aos servidores que iriam se aposentar. Este direito foi a garantia que o SINDIPREV teve de ajuizar AÇÃO que contemplasse toda a sua base aposentada e pensionistas com o recebimento da diferença das Gratificações recebidos pelos servidores ativos.

O SINDIPREV SERGIPE É ASSIM MESMO: DE LUTA!

AGORA É A HORA DO FORA BOLSONARO, considerado por especialistas e por grande parte do povo brasileiro, inclusive por nós, o pior presidente que o Brasil já teve. 

Motivos nós, base do SINDIPREV, temos de sobra. Vejamos:

  • REFORMA ADMINISTRATIVA que põe FIM AO SETOR PÚBLICO BRASILEIRO;
  • Sem vacinas, vemos familiares e amigos faleceram a todo instante;
  • Planos de saúde não acessíveis aos trabalhadores;
  • Destruição do SUS;
  • Congelamento salarial por 15 anos;
  • Cancelamento das rubricas judiciais adquiridas com muita luta;
  • Desrespeito às decisões judiciais;
  • Perseguições nos locais de trabalho;
  • Militarização do Poder Executivo;
  • Reforma Administrativa que pune servidores ativos, aposentados e pensionistas;
  • FIM DO SETOR PÚBLICO;
  • Falta de projetos de geração de renda e emprego;
  • Escândalos de corrupção envolvendo o Presidente e sua família;
  • Sem projetos de emprego para os brasileiros;
  • Agressões diárias do Ministro da Economia aos servidores públicos; etc.

E fomos às ruas no dia 03 de julho lutar junto a massa de trabalhadores contra o mal que assola este país: JAIR BOLSONARO.

Precisamos lutar e lutar!

Estivemos na marcha em Aracaju com toda nossa garra e comprometimento, que aconteceu no dia 03, 15h, mesmo embaixo de muita chuva.

Leia, também, a matéria da CUT SERGIPE.

 

Por: Marcos Jefferson (DRT/SE 376)

O SINDIPREV/SE PARA E NÃO FOGE À LUTA

Gestão 2020/24
Coordenador Geral: Joaquim Antonio