INSS AGE NA CALADA DA NOITE

Roubo de tarefas

04/05/2020 06h:52

Que não devemos esperar nada de positivo do Governo Bolsonaro, isto é claro para todos os brasileiros.

 O que não nos deixa dormir são as “ações malignas” da calada da noite, onde o Governo consegue publicar no DOU, ou aprovar no Congresso Nacional medidas contra todos os trabalhadores e, principalmente, contra os servidores públicos.

No dia 1º de Maio, enquanto os servidores do INSS discutiam a atual conjuntura, a Direção do INSS “DESVIOU” as tarefas da concessão de benefícios para o BMOB, sem explicações, diálogos, transparência ou motivos plausíveis para tal ação.

A relação entre as entidades representativas e o INSS são as piores possíveis, onde o INSS bate cabeça para explicar as suas ações baseadas em “nobres da corte” que pouco entendem da parte técnica. Desde o Governo Temer que os membros da Corte do INSS aprendem muito mais no facebook do que nos diálogos técnicos (se houvessem) com quem realmente entende do assunto: Técnicos e Analistas do Seguro Social.

Hoje, 04, 14h, o Presidente do INSS irá se reunir, via videoconferência, com a FENASPS. Precisamos deixar claro que NÃO ACEITAMOS ROUBOS DE TAREFAS” e PARAR COM O BMOB. Enquanto o INSS zomba de nós, a GDASS fica para segundo ou terceiro plano de discussão para equacionar as tarefas e pontuação. EXIGIMOS:

 

  • - Devolvam as tarefas roubadas;
  • - Pontuação digna considerando a complexidade de cada processo e de cada ação executada no processo;
  • - Pontuação em tempo real com relação das tarefas trabalhadas;
  • - Expurgo automático e correto das metas de acordo com as constantes inconsistências e falhas dos sistemas;
  • - Rediscussão dos ritmos e processos de trabalho.

O SINDIPREV SERGIPE encaminha: NÃO PUXEMOS TAREFAS - APAGÃO GERAL NO INSS.

É preciso colocar o coletivo acima do individual.

 

Por: Marcos Jefferson (DRT/SE 376)

O SINDIPREV SERGIPE NÃO PARA E NÃO FOGE À LUTA

Gestão: 2020 – 2014

Coordenador Geral: Joaquim Antonio