SINDIPREV SERGIPE SE REÚNE COM SUPERINTENDENTE DO INSS NORDESTE

Segurança dos servidores e segurados é discutida

18/06/2020 18h:20

Aconteceu, na manhã desta quinta-feira, 17/06, reunião virtual entre membros da direção do SINDIPREV Sergipe, da ANASPS/SE, representada pelo Diretor Roberto Melo, a Gerência Executiva Aracaju, representada por Raimundo Brito, e filiados da base de Sergipe com o Superintendente da SR IV (Nordeste), Marcos de Brito Campos Júnior, além de membros de sua equipe de gestão na Superintendência.

A reunião, agendada pelo SINDIPREV SERGIPE, foi um marco na comunicação e aproximação da base sergipana com a gestão que faz parte da superintendência nordeste, no sentido de promover um diálogo franco e aberto em tempos de COVID-19 e proposta de reabertura das Agências do INSS.

A pauta central da reunião foi sobre as medidas que vêm sendo adotadas pela gestão do INSS no Nordeste para garantir condições materiais e reais de retorno com segurança, preservando a manutenção da saúde e da vida dos servidores do INSS, dos funcionários terceirizados e de toda a população usuária dos serviços previdenciários em Sergipe. O Superintendente Regional fez uma exposição de todas as ações de gestão adotadas pela Superintendência para o Nordeste, registrando que foram investidos mais de 30 milhões em Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e demais melhorias na estrutura das unidades de atendimento do INSS. Registrou os problemas, desafios e a busca por soluções. Elencou a aquisição de materiais como face shield, máscaras descartáveis e de tecido, luvas, aventais, álcool em gel, placas de acrílico para atendimento, pistolas para medição de temperatura, entre outros, num quantitativo estimado para aproximadamente 4 meses. Registrou ainda que há em curso a intenção de ampliar o número de pessoal terceirizado da área de limpeza em 25%, além de outro número adicional destes funcionários temporários com recursos específicos para enfrentamento da pandemia, no intuito de auxiliar as novas demandas de higienização das APS.

Os representantes de Sergipe reconheceram o esforço da equipe da SR IV em buscar garantir as melhores condições de retorno ao trabalho dos servidores que não fazem parte do grupo de risco. Contudo, registraram a posição coletiva tirada recentemente em assembleia virtual da base no estado de Sergipe para que os servidores não retornem ao serviço presencial enquanto não houver uma reversão da curva ascendente de contaminação populacional pelo covid-19, bem como, do controle do número de óbitos, que ainda preocupa em todo o país, principalmente na região Nordeste. Cobraram ainda prazos para a conclusão dos trabalhos de adaptação das APS e fizeram algumas sugestões em relação à preparação/orientação da conduta não só dos servidores do INSS, mas também, dos funcionários terceirizados, estagiários, contratados temporários e da população em geral, desde a entrada até à saída das APS, o que poderia ser feito por meio de cartilhas e demais materiais didáticos.

A equipe da SR IV agradeceu as sugestões, registrando que também não veem o momento atual como apropriado para o retorno do atendimento presencial, embora precisem fazer este planejamento. Sobre as orientações de procedimentos e condutas, mencionaram que isto já está sendo pensado pela gestão nacional do INSS e que será reforçado pela Superintendência Nordeste.

 

Por: Marcos Jefferson (DRT/SE 376)

O SINDIPREV SERGIPE NÃO PARA E NÃO FOGE À LUTA

Gestão 2020/2024

Coordenador Geral: Joaquim Antonio