SINDIPREV SE REÚNE COM SERVIDORES DO MINISTÉRIO DA SAÚDE LOTADOS NA SUPERINTENDÊNCIA DE SERGIPE

Informes e esclarecimentos sobre pontos polêmicos

26/07/2022 08h:10

O SINDIPREV SERGIPE se reuniu, na manhã de ontem, 25, com os servidores do Ministério da Saúde lotados na Superintendência para discutir pautas importantes jurídicas, políticas e administrativas.

O Coordenador Geral do SINDIPREV SE, Joaquim Antonio, iniciou a reunião informando sobre a situação administrativa e financeira do SINDIPREV que passa por dificuldades após 900 (novecentas) desfiliações motivadas, principalmente, pela necessidade de aumento de margem por conta dos servidores e servidoras.

Os informes sobre a Greve do INSS, ficou a cargo do Secretário Geral do SINDIPREV SE, Deivid Christian, que fez um breve relato sobre a situação funcional do Instituto, Greve e cumprimento da pauta por parte do Governo.

O assessor jurídico do SINDIPREV, Lucas Rios, fez informes sobre os processos do desconto indevido do PSS sobre 1/3 de férias, no período de 2006 a 2012, e PASEP que aguarda decisão do STJ.

Uma das informações mais aguardadas, foi a análise e explicações sobre as modalidades de aposentadoria do Servidor Público Federal, realizada pelo Chefe de RH do MS em Sergipe, Rondineli Rodrigues. Uma das questões mais discutidas, foi a modalidade de aposentadoria baseada em um “erro” do sistema institucional que garante, ao requerente, um acréscimo salarial quando na solicitação. “Ora, se você contribui sobre um salário, como o servidor acha correto aposentar-se ganhando mais do que contribuiu”?, indagou Rondineli, além de dizer que tudo está em uma falha do sistema que poderá prejudicar o servidor requerente no futuro, após análise do TCU.

Após as falas dos servidores e RH, o Coordenador do SINDIPREV, Joaquim Antonio, encaminhou que: “se o servidor (a) requerer a aposentadoria e se sentir lesado, que busque a assessoria do SINDIPREV, desde que filiado (a) para o ingresso judicial”.

A reunião, bastante produtiva, encerrou com a participação da direção conversando com os servidores no local.

 

Por: Marcos Jefferson (DRT/SE 376)

O SINDIPREV/SE NÃO FOGE À LUTA

Gestão 2020/24
Coordenador Geral: Joaquim Antonio